94739473

22 agosto 2018

Se ter uma vida financeira equilibrada e um saldo positivo na conta bancária é sua meta, fique ligado: aprenda, a seguir, como fazer um planejamento financeiro!

Como fazer um planejamento financeiro

Para garantir uma rotina econômica saudável e ter a certeza de um futuro estável, é preciso aprender como fazer um planejamento financeiro sólido no presente, que atenda bem aos seus objetivos, metas e necessidades.

Dados de uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil apontam que apenas 55% dos brasileiros fazem controle dos gastos, sendo que 43% realizam esse processo com antecedência, mas 35% só cumprem essa tarefa longo do mês. E 21% somente anotam os gastos quando o mês termina. Ou seja, apesar de muitas famílias realizarem um planejamento financeiro prévio, a maioria ainda não se conscientizou – ou não se disciplinou – a fazer isso, atrasando essa tarefa ou mesmo deixando de fazê-la e, consequentemente, atrapalhando as finanças.

É preciso lembrar que ter esse tipo de preparação é essencial para uma situação financeira saudável. Afinal, como se planeja uma situação depois que ela já passou? Impossível, certo? Após o mês acabar, o que deve ser feito é verificar se o planejamento foi cumprido, onde você gastou mais e onde poderia cortar. Entenda:

Planejamento financeiro x controle orçamentário

É preciso diferenciar essas duas formas de organizar as contas e entender que ambas são importantes para sua saúde financeira: o planejamento financeiro e o controle de orçamento. O planejamento é referente ao processo de se organizar para receber o salário, ou seja, colocar na ponta do lápis todas as receitas que irão entrar, todas as despesas previstas e reservar um determinado valor para metas e objetivos.

Já o controle de orçamento é a revisão desse planejamento através do registro de gastos, sendo o processo que permite avaliar se o planejamento realmente está sendo aplicado – você vai realizando ele ao longo do mês e no final dele consegue fazer uma análise geral da situação. Caso o planejamento inicial não tenha sido cumprido, é nessa hora que se identifica os pontos falhos para conseguir corrigi-los nos meses seguintes.

E a tarefa não precisa ser maçante ou cansativa. “Você não precisa rever os gastos todos os meses. Se no início do mês você fez o seu planejamento e o cumpriu, quando ele se encerrar, suas contas estarão no azul e você estará pronto para começar o mês seguinte. Agora, se você está endividado ou estourou o planejamento, rever os gastos é fundamental. Dessa forma, é possível identificar onde ocorreram os excessos e onde é possível realizar cortes para economizar”, explica Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

Aprenda a planejar e a organizar sua vida financeira!

Como fazer um planejamento financeiro: primeiros passos

“Fazer o planejamento financeiro leva algum tempo, especialmente se é a primeira vez que está fazendo e não se tem familiaridade com o assunto. Mas as próximas vezes são mais fáceis. Os rendimentos mensais e os gastos fixos, por exemplo, costumam não mudar muito”, diz a economista.

O primeiro passo é colocar em uma planilha – ou em seu caderninho de anotações – tudo o que vai entrar no próximo mês: salário, renda ou recebimentos extras. Então, anote tudo o que está previsto para sair da sua conta, como os gastos fixos: média de conta de luz, de água, condomínio, escola das crianças e outros. Se você tem compras parceladas, coloque também o valor das parcelas.

Para facilitar, separe seus débitos mensais por categorias: gastos fixos mensais e despesas sazonais, como material escolar, IPVA, IPTU e outros. “Nessa hora, já será possível notar se você está no azul ou no vermelho”, observa José Vignoli, educador financeiro do SPC Brasil.

Aprenda a educar-se financeiramente

Como se lembrar de todos os gastos?

Se no primeiro mês, você não se lembrar de todos os gastos, não se preocupe, com o tempo, a tarefa torna-se mais fácil.

Para facilitar, ao longo do mês, você pode ir anotando os gastos que aparecem. Assim, planejar o próximo mês se tornará mais simples, bastará recorrer às suas anotações. Aplicativos de celular podem ser interessantes para essa função. “Além de você fazer o controle na mesma hora do gasto, já que o celular está sempre à mão, os apps já trazem os campos principais necessários para o controle financeiro e você apenas precisa preencher com os valores. Há até mesmo aplicativos que são atrelados a sua conta bancária, e já registram automaticamente todos os créditos e débitos”, aponta Marcela.

Chega de sabotar seu bolso!

Como fazer um planejamento financeiro: um guia para autônomos

É fundamental que profissionais autônomos executem o planejamento financeiro mensalmente, antes do próximo mês começar. Assim, fica mais simples se preparar para os meses mais difíceis. “O autônomo é como uma empresa, que precisa ter um capital de giro, ou seja, um dinheiro a mais para poder fazer a sua atividade funcionar, mesmo com as naturais flutuações de ganho”, diz Vignoli.

Aí, naquele mês em que se percebe que o faturamento foi melhor, é hora de guardar o recurso, pois nem sempre o mês seguinte será tão bom.

Além disso, é fundamental ter uma linha divisória clara entre despesas pessoais e profissionais no planejamento, porque esse tipo de confusão pode gerar problemas de caixa e tornar mais difícil entender de onde estão vindo os erros de controle. “Em uma situação de crise, isso pode definir se seu negócio não está gerando lucro, ou se você está gastando demais com lazer, por exemplo. Na hora de fazer a contabilidade da empresa e de declarar o imposto de renda, essa organização também será essencial”, diz Marcela.

Saiba mais:

Faça um diagnóstico financeiro para compreender sua situação atual.

Está em dia com as contas? Simule a realização de seus sonhos!

Veja também

mbf_banners_portal_223x86_19
Dicas para evitar problemas com o dinheiro em casa
17% dos casais têm brigas freqüentes quando o assunto é dinheiro Muitos casamentos podem acabar em briga, q  [...]
MBF
Fuja das ciladas do consumo impulsivo
  Descubra quais os principais vilões do consumo impulsivo e saiba lidar com eles Muito diferente do con  [...]
210 mbf_imagens_site_06
Aplicativos ajudam a reduzir seus gastos com telefone.
Se você quer bater papo com os amigos e economizar na conta do celular, uma boa saída é usar e abusar dos a  [...]