69246924

14 janeiro 2016

carnaval-barato

 

Veja dicas para curtir o Carnaval sem gastar muito e como fugir de ciladas durante a festa

O Carnaval é uma festa muito esperada pelos brasileiros, mas também uma das que mais exige planejamento financeiro. Isso porque ele acontece bem no início do ano, justamente a época de gastos com IPVA, IPTU, matrícula e material escolar. Neste ano, em que o Carnaval será bem no começo de fevereiro, do dia 5 (sexta-feira) ao dia 10 (quarta-feira de cinzas), a folia pode ser comprometida também pelas compras parceladas de Natal e viagem de Réveillon. “Não se trata de deixar de aproveitar a festa, apenas curtir com cautela financeira, planejamento e organização”, diz José Vignoli, educador financeiro do Portal Meu Bolso Feliz. Veja algumas dicas para curtir este Carnaval sem gastar muito e como fugir de ciladas como roubos e furtos durante a folia.

 

Vai viajar?
Pesquise bem valores de transporte e hospedagem

Escolhendo uma cidade próxima a sua é possível fazer a viagem de carro ou de ônibus. De qualquer forma, levante também os preços das passagens aéreas, comparando-as com as passagens de ônibus e o cálculo de gasto com combustível e pedágio, no caso de optar pelo carro. Para ver valores de passagens de ônibus, visite sites como o Guichê Virtual e o Embarcou.com. Para comparar preços de passagens aéreas, vá ao Decolar.com e ao Mundi. 

Reserve algumas horas do seu dia para pesquisar, à fundo e com paciência, opções de hospedagem. Isso porque esse trabalho deve considerar não somente o preço da diária, como também a localização do hotel, se serve café-da-manhã, se possui wi-fi gratuito, etc. Tudo isso deve pesar ao escolher a opção com o melhor custo benefício. Sites como o Hotel Urbano, Guia Quatro Rodas e Viajar Barato ajudam nessa pesquisa:

Não se esqueça de verificar com amigos se há a possibilidade de você se hospedar na casa de alguém na cidade escolhida. Às vezes um parente ou colega de algum conhecido seu mora no local e está alugando o espaço durante o feriado ou mesmo um grupo de amigos vai para a mesma cidade e tem espaço para mais uma pessoa na casa alugada.

 

5 dicas para deixar sua viagem de Carnaval mais barata

1 – Ao escolher onde passar o Carnaval, tenha em mente sua real situação econômica. Não adianta esbanjar por quatro dias e depois sofrer durante meses com dívidas;

2 – Planeje-se o máximo que puder! “O estado de relaxamento e empolgação não podem te fazer gastar além do que estipulou e nem te estressar com as dívidas pós-viagem. Por isso, é importante se planejar e pensar em todos os detalhes para, depois, curtir”, explica Vignoli. Atente-se aos detalhes, coloque todos os gastos no papel e estipule exatamente o quanto pode gastar durante o feriado. Lembrando que custos com passeios, festas, protetor solar, fantasias, repelente, etc. podem surgir de última hora, assim, inclua também tais valores extras no seu cálculo;

3 – Junte-se aos amigos. Compartilhar a folia com mais gente significa dividir também alguns gastos, em especial com hospedagem, alimentação e transporte;

4 – Durante a viagem, procure anotar todos os gastos e vá subtraindo do total que está disposto a gastar. Este é um jeito eficiente de evitar a famosa ressaca financeira pós-Carnaval;

5 – Procure se divertir com o que a cidade tem a oferecer, de blocos de Carnaval a eventos em parques, por exemplo. Esses programas, além de mais autênticos, saem mais em conta do que baladas caras.

 

Vai ficar na sua cidade?

O feriado pode ser um bom momento para conhecer sua própria cidade com passeios simples, como caminhadas, visitas a museus, centros culturais e parques. Caso a sua cidade seja daquelas que ficam mais vazias durante a data, aproveite para visitar lugares que sempre quis conhecer. Ao se transportar, opte por passeios e atividades a pé ou de bicicleta, curtindo o ar livre e evitando engarrafamentos desnecessários.

Assim como você, pode ser que outros amigos tenham decidido ficar na cidade. Faça um levantamento de quantos não viajaram e combine programas com eles. A folia compartilhada, além de mais divertida, fica também mais barata, já que é possível dividir despesas com transporte e alimentação.

 

4 dicas para economizar ao ir em blocos de rua ou festas

1 – Organize um encontro antes do evento em casas de amigos ou em sua própria, economizando no consumo de comes e bebes;

2 – Leve com você apenas o quanto pode gastar e um pouco a mais para imprevistos. Assim fica mais difícil extrapolar na folia;

3 – Para chegar ao bloco ou à festa, utilize transporte público ou divida um taxi com os amigos, evitando gastos com estacionamento e possíveis multas;

4 – Nada de gastar com fantasias. Usando a criatividade, você monta fantasias exclusivas. Quem sabe um amigo manda bem fazendo maquiagens diferentes? Ou uma amiga possui diversos acessórios divertidos para emprestar para a turma?

 

Fuja de problemas e dor de cabeça durante o carnaval!

Durante a folia, leve apenas o necessário. O ideal é carregar o essencial e manter tudo protegido de assaltantes, guardando o que decidir levar em compartimentos seguros, preferencialmente junto ao corpo. Isso porque perder o cartão de crédito, a carteira de identidade ou o CPF pode se tornar uma grande dor de cabeça caso os documentos caiam na mão de golpistas. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS), um entre quatro brasileiros já foi vítima de fraudes com cartões de crédito.

 
Em caso de roubo ou furto de cartões e documentos pessoais, ligue imediatamente para o seu Banco informando o ocorrido e registre logo um boletim de ocorrência. Além disso, logo após o Carnaval, entre em contato com o Procon mais próximo e com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de sua cidade, uma Entidade parceira do SPC Brasil. Com isso, através do serviço SPC Alerta, fica registrado a perda, furto ou roubo de seus documentos ou cheques e, caso terceiros tentem utilizar seus dados para alguma compra e seu nome for consultado no SPC, os estabelecimentos são imediatamente informados sobre o problema, evitando fraudes e uso indevido do seu nome e documentos.

 
Um serviço que contribui na prevenção de possíveis fraudes é o SPC Avisa, em que o cadastrado é informado por SMS ou e-mail sobre qualquer movimentação ou consulta em seu documento.

 
Em caso de roubo ou furto de celular, além de registrar o boletim de ocorrência, entre em contato o quanto antes com a sua operadora e peça para ter o seu chip bloqueado. Lembrando que em alguns estados (São Paulo, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso e Pará) a própria polícia civil pode fazer o bloqueio do aparelho, no momento em que for registrado o BO.

 
Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Tocantins, quem for viajar e deixar a casa vazia durante o Carnaval deve procurar deixar uma pessoa responsável no imóvel. Se isso não for possível, converse com um vizinho ou parente para que acenda e apague as luzes nos horários adequados. Isso porque luz apagada ou acesa durante dias é um indicativo que não tem ninguém no local. No caso de casas com árvores na frente, vale também pedir à pessoa que limpe as folhas, pelo menos uma vez. Disponibilize aos vizinhos seus contatos e locais onde estará durante o período para que, caso aconteça alguma coisa, eles possam se comunicar com você. Vale ressaltar que cerca elétrica, grades e cadeados não evitam roubos, mas dificultam a ação de ladrões. Por fim, se você for vítima desse tipo de crime acione imediatamente a Polícia pelo serviço de emergência 190.

 
Quem vai para a folia com crianças deve tomar cuidado redobrado. Converse com a criança sobre a possibilidade de ela se perder e oriente-a sobre o que fazer caso se perceber sozinha. Ao chegarem em um local, mostre quem são os seguranças ou os policiais e que uniforme usam. Marque também um ponto de encontro e coloque pulseiras, etiquetas ou crachás de identificação, contendo nome da criança, nome dos pais e telefones celulares. Outra dica é fotografar a criança antes de sair de casa, tendo assim um registro exato das roupas que ela está usando.

 

Saiba mais:

SPC Brasil dá dicas para evitar fraudes no Carnaval

Como viajar barato no Carnaval

6 passos para organizar as finanças após as férias

Paula Aftimus

Paula Aftimus

Jornalista com especialização na State University of New York, editora de publicações e portais do Grupo Abril e especialista em mídias digitais. Passagem acadêmica pelas áreas de Serviço Social e Educação e MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV

Veja também

mbf_banners_portal_223x86_21
Quando vale a pena trocar de investimento?
Tudo que você precisa saber antes de substituir a sua aplicação por outra Será que você está investindo   [...]
mbf_banner_noticias_01
Taxas de juros podem levar ao superendividamento
Com taxas acima de 414 por cento ao ano no rotativo do cartão de crédito, uma dívida de mil reais pode p  [...]
mbf_banner_noticias_05-k0ml7
O Minha Casa Minha Vida dá para você?
Veja as vantagens e desvantagens do programa habitacional do governo e dê o primeiro passo para realizar o so  [...]