78547854

03 agosto 2016

mbf_banner_noticias_01

É possível ter hábitos ambientalmente corretos e economizar ao fim do mês. Todos saem ganhando: a sociedade, a natureza e o seu bolso.

O simples hábito de deixar a torneira aberta por alguns minutos a mais pode ter um efeito quase imperceptível no meio ambiente. quando repetido por bilhões de pessoas, esse pequeno descuido causa um impacto e tanto no planeta.

O mesmo acontece com as suas contas. Cuidados simples para reduzir desperdício e excessos (no uso de água e luz, nas compras, no aproveitamento de comida etc.) parecem render uma economia insignificante. Mas, se forem somadas mês a mês e ao longo dos anos, essas medidas fazem uma grande diferença em termos de dinheiro no bolso e podem até ajudar a realizar seus projetos de vida.

A economia está nos detalhes

Usar somente o necessário, evitar desperdícios e optar por produtos e serviços que favoreçam a preservação do ambiente – ou o prejudiquem o mínimo possível – é a base do consumo consciente. E é nos pequenos gestos que ele se manifesta.

Porém, colocar em prática esses hábitos, no dia a dia, exige um trabalho contínuo de otimização da rotina doméstica e de vigilância dos próprios hábitos.  E vale sempre lembrar que, apesar da economia de recursos financeiros ser bem relevante, praticar o consumo consciente tem também impactos sociais e ambientais de longo prazo.

Confira ações rotineiras de um consumo consciente e que fazem a diferença.

  • Fechar a torneira ao escovar os dentes e ao fazer a barba pode resultar em um consumo de água até 12 vezes menor para quem mora em uma casa e até 80 vezes menor para quem mora em apartamento.
  • Chuveiros elétricos respondem por quase um terço da conta de luz. Usar apenas a posição de aquecimento médio no verão (em vez de simplesmente abrir mais a torneira) é uma medida capaz de reduzir em até 30% o gasto que esse aparelho representa na conta mensal.
  • Ao fazer as compras do supermercado, programe o cardápio para toda a semana e anote em uma lista os ingredientes necessários ao preparo. Assim, você evita desperdício. Além disso, é importante se ater à lista e evitar compras por impulso. Por fim, fique sempre atento às “promoções” que só fazem você comprar mais do que precisa.
  • Na compra de alimentos, ajuste as quantidades de uma compra para outra. Considere que, dependendo de quanta sobra vai para o lixo após cada refeição, evitar esse desperdício pode significar um ou dois dias de comida a mais no mês, com o mesmo custo.
  • Quando se trata de eventos que acontecem com pouca frequência, como grandes festas e cerimônias especiais, considere alugar trajes e acessórios ou pegar emprestados, em vez de gastar muito para usar a roupa de gala uma vez só.
  • Antes de sair comprando roupas novas a cada estação, avalie o que ainda pode ser aproveitado ou reformado, para ganhar vida nova no seu guarda-roupa. Outra dica: mantenha o seu armário sempre arrumado, para conseguir visualizar tudo o que tem com mais facilidade.

Questão de postura

Uma pesquisa recente do SPC revelou que apenas 3 em cada 10 brasileiros podem ser considerados consumidores conscientes. Mas o que impede um engajamento maior e o que você pode fazer para mudar essa realidade?

É o que especialistas indicam a seguir, com base nas principais justificativas apontadas pelos participantes da pesquisa.

Fique ligado  

Desatenção na hora de consumir foi um fator mencionado em 31,5% dos casos. Esteja alerta às oportunidades de economizar e reflita sempre antes de qualquer decisão de consumo.

Planeje

Falta de tempo foi o motivo alegado para deixar de lado opções mais sustentáveis em 29,8% das decisões de consumo. Invista em planejamento e tente se antecipar às suas necessidades para não tomar decisões apressadas quando chegar a hora.

Informe-se

21% dos consumidores não sabem como praticar o consumo sustentável. Uma boa pedida é acompanhar o noticiário para ficar por dentro da atuação das empresas e, quando discordar das condutas adotadas, evitar ou até parar de comprar produtos e serviços dessas marcas. As redes sociais também são uma boa fonte de informação sobre produtos e serviços.

 

Saiba mais

Mais dicas para evitar o desperdício.

Veja também

credito-emprestimo-crise
Em época de crise, ainda podemos comprar a crédito?
Embora o momento econômico peça que o brasileiro fique longe de dívidas, recorrer ao credito às vezes é n  [...]
mbf_banner_noticias_04-bbyww
Guia financeiro para investir no seu sonho
Descubra a melhor maneira de aplicar seu dinheiro e alcance todos seus objetivos Você tem um sonho e não vê  [...]
mbf_banner_noticias_14
A TV ideal para assistir aos jogos da Copa
Os televisores estão fazendo sucesso nas lojas desde janeiro – com aumento de 60% nas vendas. Aqui, lis  [...]