37443744

09 maio 2014
mbf_banner_noticias_06
O jeito fácil de economizar para realizar seus desejos
Sim, você pode subir ao altar ou ter um filho sem comprometer suas finanças. Veja como

Planejamento é o melhor amigo do sonho realizado! Roberta Santo e Daiana Oliveira, que nem se conhecem, chegaram a essa mesma máxima ao decidirem colocar seus planos individuais em prática. A primeira resolveu aumentar a família. Já a segunda concluiu: é hora de subir ao altar! Confira as medidas econômicas que elas adotaram para levar adiante os respectivos desejos e as dicas do Portal Meu Bolso Feliz, para quem tem os mesmos objetivos.

COMO GUARDAR DINHEIRO PARA TER UM BEBÊ

Casada com Evandro de Léo há seis anos e mãe de Pietra, de dois anos, Roberta começou a pensar na possibilidade de ter o segundo filho em 2013. Hoje, ela está grávida de cinco meses de Betina. Veja como o casal se organizou para receber a nova herdeira.

1 – Antes de engravidar, abra mão de certas “regalias” e tenha prioridades. Pense duas vezes antes de jantar fora – ou deixe o restaurante para uma ocasião especial – e tente pensar em hábitos que podem ser cortados ou modificados. “Eu parei de viajar. O dinheiro destinado ao turismo passou para poupança do bebê. Nossa prioridade mudou.”

2 – Faça um caixa para os gastos da criança. “O ideal é que, na hora de planejar uma gravidez, o casal tenha mais que  cinco salários guardados na poupança”, aconselha Luiza Rodrigues, economista do SPC Brasil. Assim a família consegue manter seu padrão de vida e garante a segurança financeira por mais tempo.

3 – “Engravidei de outra menina. Isso significa muita economia, pois aproveitaremos o carrinho do bebê, berço, decoração do quarto, roupinhas…”

4 – Procure uma escola que atenda todas as idades para poder usar o desconto de irmãos:  “Já pensamos em colocar as duas meninas na mesma escola para conseguir abatimento com matrícula e mensalidade”.

5 – Invista em assistência médica: “Não nos preocupamos com as despesas do parto e internação porque nosso plano de saúde cobre totalmente esses gastos”.

 

COMO CASAR GASTANDO POUCO

Daiana Oliveira e Gabriel Napoleão decidiram trocar alianças no final de 2013, mas só dirão “sim” em abril de 2015. O tempo entre o pedido de casamento e sua realização foi uma das artimanhas do casal para apertar os cintos e guardar dinheiro para as despesas.  Daiana e Lourdes Correia, cerimonialista da Étoile Eventos revelam medidas econômicas para tornar esse sonho real.

•       Decoração 2 em 1: “A cerimônia e a festa para 230 convidados serão realizadas no mesmo local. Assim, economizamos com a decoração, pois só precisamos enfeitar um único ambiente”, explica Daiana.

•       Para escolher o local, peça indicação aos amigos que já se casaram e já cheguem à negociação com uma sugestão de orçamento que caiba no bolso.

•       Faça do crédito um aliado: “Primeiro, contratamos os serviços mais caros. Desta forma, ganhamos tempo para pagar as parcelas. O Buffet, por exemplo, fechamos em dezembro de 2013 e vamos pagar até 2015 com parcelas a cada três meses”, explica Gabriel.

•       “Uma decisão importante para gastar menos é enxugar a lista de convidados. Um casamento intimista, para familiares e amigos mais próximos, tem custos reduzidos  e ainda passa a sensação de que cada convidado é mais especial”, diz Lourdes.

•      Fique atento ao cardápio: coquetéis e jantares volantes – aqueles que você oferece porções menores e os convidados não precisam ficar sentados – saem mais em conta. “Outra boa opção é fazer estações de massa para os convidados se servirem”, aconselha Lourdes.

•      Na hora de escolher as bebidas, caipirinhas saem mais em conta do que whisky e prosecco e, claro, todos amam.

•       Faça substituições:  “Um amigo do meu noivo é fotógrafo e procuramos por ele, que fez um preço mais em conta. No lugar da banda, contratamos um DJ, que fica bem mais barato”.

•       Coloque a mão na massa: “como eu adoro trabalhos manuais, vou produzir eu mesma os porta guardanapos e as lembrancinhas”, diz Daiana.

•       “Outra ideia para decoração é investir no minimalismo e apostar em peças familiares. “A cerimônia fica mais personalizada e deixa o casamento único, com a cara dos noivos”, diz Lourdes.

•       Invista a longo prazo e mude a rotina. Atitudes simples fazem o casal economizar. “Fiz um investimento que devo resgatar no final do ano. Além disso, nossas saídas diminuíram bastante, optamos por fazer programas a 2 ou com amigos em casa. No final do ano, compramos duas bicicletas para que, quando tivéssemos necessidade de sair da rotina, possamos pedalar”.

•       Pague tudo até o dia do casamento: “Nos programamos para pagar todos os gastos com a cerimônia e a festa até o mês do casamento. Como o setor casamento é muito caro, é preciso ter boa lábia para convencer os fornecedores a fazer um preço bom ou facilitar as formas de pagamento. Depois, teremos apenas a dívida da casa”.

 

DICAS DE ECONOMIA PARA VOCÊ REALIZAR SEUS SONHOS

•       Viva dentro da sua capacidade financeira: “Sonhe com os pés no chão. Será mesmo que precisa comprometer boa parte da sua renda para comprar um móvel ou utensílio doméstico de último tipo? Comece com modelos mais simples e melhore com o passar do tempo”.

•       Não se importe com os outros: “Pense na sua realidade e não tente impressionar ou chamar a atenção das pessoas”.

•       Arme-se contra imprevistos: “Preocupe-se em ter alguma reserva financeira. Ela será muito importante no caso de alguma possível eventualidade”.

•       Consuma de forma consciente: “Não comprometa toda a sua renda com empréstimos. No caso de ser demitida, por exemplo, você não conseguirá honrar seu compromisso”.

•       Reflita sobre suas contas: “Pense muito sobre como administra sua vida financeira. Se você é desorganizada, organize-se antes de partir para uma nova empreitada, seja casar ou ter filho. Caso não faça isso, são grandes as chances da sua vida financeira ser sempre descontrolada”.

Veja também

mbf_banner_noticias_02
ABC do cheque: os tipos e como preenchê-los
  Segundo o Conselho Monetário Nacional (CMN), os cheques correspondem atualmente a 15% do volume de pag  [...]
mbf_banners_portal_223x86_09
Dicas para ampliar o diálogo sobre finanças com os filhos
Os conceitos da educação financeira devem ser inicializados desde cedo e praticados dentro de casa. As crian  [...]
meubolsofelizinvestimento1
Você sabe onde investir durante a crise?
Descubra se você deve investir, onde seu dinheiro rende mais e quais os prós e contras de cada tipo de inves  [...]