52515251

08 janeiro 2015

mbf_banner_noticias_13-1gh7v

Veja cinco passos para garantir um ano novo sem dívidas

Início do ano é época de celebrações, férias e… planejamento para o ano que começa. Para quem está endividado, este é o momento para almejar um 2015 mais azul; para os que já possuem conta bancária equilibrada, é a hora de organizar as finanças para realizar os sonhos pensados para o novo ano.

Veja o nosso passo a passo para ajudá-lo a planejar financeiramente 2015, organize-se e aproveite para fazer um balaço deste ano que fica para trás.

 

2015: COMO SE PLANEJAR FINANCEIRAMENTE

1º passo: revisão
Um balanço geral de 2014

Avalie cuidadosamente como foi o ano que está ficando para trás e encontre as causas de possíveis problemas no seu orçamento, em especial das dívidas. Para ajudá-lo nessa missão, faça uma planilha com seus principais gastos, incluindo todas as contas mensais, fatura do cartão e compras no débito. Com acesso aos seus extratos, fica mais simples chegar a uma média de quanto você gastou por mês neste ano que passou. Repare aonde errou ou gastou demais para não repetir os erros. Se você ainda não tem uma planilha, este é o momento de preparar uma que lhe servirá para controlar suas contas nos meses do ano que chega. Não perca esta oportunidade de começar o ano de uma forma mais organizada. Uma ferramenta útil para esse passo é o nosso Simulador  Diagnóstico Financeiro.

 

2º passo: projeção
Quais os seus planos para 2015?

O que você deseja para este ano que entra? Se tiver dívidas, sua prioridade deve ser quitá-las. Para isso, pesquise a melhor forma de pagar o que deve. Será que consegue renegociar os valores? Suas finanças permitem adiantar parcelas? Zerar suas dívidas ou equilibrá-las pode ser um grande objetivo para alcançar o azul nas suas finanças pessoais. Para quem já possui uma conta azul, é hora de pensar nos objetivos para 2015. Será este o ano da sua grande viagem em família? Ou o ano em que dará um passo mais largo em direção a casa própria? Nesta etapa, procure saber em média quanto precisa economizar por mês e siga firme neste objetivo para poder realizar este sonho. Nosso Simulador de Sonhos pode ajudar.

 

3º passo: prática
Da teoria para a prática

Agora que você já sabe o quanto gastou no ano que passou (e o que poderia ter economizado) e também já tem uma estimativa do quanto precisa guardar por mês para quitar dívidas ou realizar seus sonhos, é hora de esquematizar, no papel, seus gastos em 2015. Para os assalariados, uma tarefa mais simples. Os autônomos precisam ficar atentos, já que nem sempre o faturamento é regular ou constante. “Para passar sem preocupações pelos períodos de vacas magras é preciso ter formado uma reserva, algum tipo de poupança, aproveitando aqueles meses em que o faturamento foi maior. Esta reserva para imprevistos deve estar no planejamento para o ano que entra”, aconselha José Vignoli, educador financeiro do Portal Meu Bolso Feliz. Abaixo, os itens básicos que devem ser incluídos nesta nova tabela:

  • Gastos mensais permanentes (aluguel, condomínio, luz, telefone, etc.)
  • Gastos previsíveis (escola, impostos, manutenção do carro, da casa, etc.)
  • Possíveis novas contas (curso de inglês, academia, etc.)
  • Pagamento de dívidas adquiridas (empréstimos, compras parceladas, etc.)
  • Previdência privada / investimentos / poupança (dinheiro para imprevistos e/ou futuro)

Obviamente que esta lista pode variar de pessoa para pessoa. Por exemplo, se você possui dívidas, estas devem ser a sua prioridade, o que significa deixar de investir em um sonho, num primeiro momento, para quitá-las o quanto antes! Você verá que depois de quitá-las, sua vida ficará mais tranquila e suas conquistas terão outro sabor. Desde que bem planejados, seus planos não vão impedi-lo de curtir os pequenos prazeres do dia a dia.

 

4º passo: manutenção
Uma rotina (financeira) saudável

No dia a dia, mantenha a sua planilha financeira atualizada, anotando todas as suas entradas e saídas. Dessa forma, saberá exatamente para onde está indo o seu dinheiro e pode, se necessário, trabalhar em uma ação corretiva, para ajustar gastos. Procure colocar, no final de cada mês, as despesas previstas para os próximos 30 dias já separando inclusive a parte destinada a sua reserva financeira. Dessa forma, consegue se preparar para meses com gastos mais “salgados”. Lembre-se sempre que, com um bom planejamento em mãos, os riscos de se ver endividado são muito menores. E os de realizar seus sonhos, maiores!

 

5º passo: reflexão
Aprendendo com os erros

Em meio a todo esse processo de planejar financeiramente 2015, tão importante quanto colocar seus gastos na ponta do lápis é refletir sobre eles, melhorando a sua postura frente suas finanças e seus hábitos de consumo. Por exemplo, quem abusa do cheque especial e nunca paga a fatura completa do cartão de crédito provavelmente terá dificuldade em quitar as suas dívidas. É preciso mudar alguns hábitos para alcançar sonhos. Como você melhorará o seu comportamento financeiro em 2015? Pense nisso, pois ainda há tempo!

 

SAIBA MAIS:
Chegar a terceira com uma aposentadoria tranquila

10 atitudes que evitam o endividamento 

Teste – Você sabe lidar com as dívidas 

Paula Aftimus

Paula Aftimus

Jornalista com especialização na State University of New York, editora de publicações e portais do Grupo Abril e especialista em mídias digitais. Passagem acadêmica pelas áreas de Serviço Social e Educação e MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV

Veja também

mbf_banner_noticias_21
Entenda o que é portabilidade do crédito
Banco Central criou nova regulamentação que vai ajudar consumidor que estiver pagando financiamentos Você t  [...]
mbf_banner_noticias_11-nrdz6
Supermercado uma vez por mês ou toda semana?
As vantagens e desvantagens de cada modelo de compra. Escolha o ideal para você sair no lucro O que vale mais  [...]
meu-bolso-feliz-dia-dos-pais-criança2
Dia dos Pais: 8 presentes baratos e surpreendentes
    Neste Dia dos Pais, veja sugestões de presentes para surpreender seu pai nesta data tão especi  [...]