75767576

02 junho 2016

Sempre vale a pena se esforçar para guardar dinheiro, mesmo que seja pouco. Como? Organização é a palavra-chave

Sua meta é guardar dinheiro para imprevistos, realizações de sonhos e aposentadoria. O problema é que seu salário é baixo, as coisas estão muito caras e, no fim do mês, você pagou suas contas, viveu sua vida normalmente e te sobrou zero reais. Você se identifica com esse cenário?

Se sim, a boa notícia é que não importa quanto você ganha e sim a maneira que você encara suas finanças. “Tente se disciplinar e encare esse investimento como algo essencial para sua saúde financeira”, aconselha Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.
Mas, se você ainda acha difícil encarar esse desafio de guardar um dinheirinho extra, tenha em mente que é fundamental planejar com cuidado o que você fará para conseguir poupar e como guardará esse montante. Pronto para começar? Então tenha esses três pontos em mente:

1 – Não se preocupe se acha que poupou pouco. Seja R$30, R$,50 ou R$200, nunca menospreze a quantia que você conseguiu reservar. O importante é ter bastante disciplina para repetir o processo todo mês. Isso vai fazer com que você tenha um bom montante investido no longo prazo.

2 – Você precisa saber onde investir.  Não adianta colocar seu dinheiro na poupança se espera um rendimento alto, mas também não adianta escolher, por exemplo, produtos com carência e que prometem um alto rendimento se quiser retirar seu dinheiro logo.

3 – A partir dos seus ganhos, faça um bom planejamento para conseguir economizar. Para isso, você precisa:
viver dentro do seu padrão de vida, gastando somente o que o seu orçamento permite e guardando um pouco para imprevistos. Para isso, é preciso ter muita determinação e disciplina para não se desviar do propósito de guardar dinheiro, fazendo compras desnecessárias.
• diagnosticar onde pode cortar gastos e apertar os cintos. Para isso, use o Simulador Diagnóstico Financeiro.
• Colocar o seu dinheiro em uma aplicação que tenha bom rendimento e que seja indicada para o seu objetivo.

Para te ajudar, leia: O que fazer para evitar comprar por impulso

Mas como eu economizo no dia a dia?

Ok, nós sabemos que, muitas vezes, o dinheiro que entra encaixa certinho nas dívidas e contas a pagar, certo? Mas é importante você sempre ter em mente que mudanças de hábito e conscientização sempre te fazem economizar. Agora, pare e pense: será que não tem nada no seu dia a dia que você consiga cortar? Almoços, cafés da tarde, a TV à cabo com canais extra que você nunca assiste… “Para economizar no dia a dia e ainda guardar um dinheiro extra você precisa identificar o quanto pode cortar de gastos e decidir quanto conseguirá investir, colocando esse valor como um gasto fixo mensal”, aconselha Marcela.

Tenho dívidas atrasadas. Devo investir mesmo assim?

Aqui está uma situação que deve ser eliminada antes de você começar a investir. Afinal, o dinheiro que você conseguir economizar com cortes no orçamento devem ser direcionados para pagar as contas em atraso. Lembre-se seu investimento dificilmente vai render mais do que os juros do cheque especial e cartão de crédito, por exemplo. Por isso, sua meta, nesse caso, deve ser eliminar todas as dívidas pendentes para, depois, começar a investir. Para te ajudar, assista ao vídeo: Quitar as dívidas

Resolvi investir. E agora?

Agora é hora de traçar sua meta. Para isso, se discipline para economizar uma quantia todo mês, sem exceção. ”A partir do momento que você considerar o investimento uma conta fixa, vai ficar mais fácil guardar, pode acreditar”, aconselha Marcela.

Para isso, não esqueça do que já foi dito acima: qualquer valor investido pode render. “Se hoje você investir R$60 ao mês, por exemplo, pode ter, no fim de 1 ano, mais de  R$700”, exemplifica Marcela. Já pensou nisso?

Alguns tipos de investimentos

Para você que começou a pensar em investir agora, saiba que existem diversas opções. “Uma delas é  a poupança que, apesar de ter rentabilidade baixa, é uma maneira segura e prática de guardar seu dinheiro. Isso vale especialmente no início, pois ajuda a criar o hábito de poupar. Mas à medida que se acumula um montante maior, ganha mais importância a necessidade de se buscar um investimento mais adequado e com maior rendimento”, diz Marcela.

Além dessa opção, temos, por exemplo:
Tesouro Direto: O investimento em papéis do Tesouro Direto é um empréstimo ao Governo Federal que tem, como contrapartida, o pagamento de juros.  É feito pela internet, sem que o investidor fique sujeito às taxas de administração cobradas pelos bancos e fundos de investimentos e tem rendimentos mais altos. Além disso, a liquidez é imediata, ou seja, o dinheiro pode ser retirado quando necessário, ainda que isso não seja indicado por conta das oscilações de preços no mercado.
Saiba mais: Tesouro Direto – boa opção para os seus investimentos

Produtos de renda fixa: São aplicações  que possuem remuneração paga com condições pré-definidas. “Muitas vezes eles remuneram bem, mas você precisa checar se o investimento tem carência ou não. No segundo caso, não vale a pena tirar o dinheiro antes do prazo final, porque você acaba perdendo parte da rentabilidade. Por isso, vale checar sua liquidez com o gerente antes de investir”, aconselha Marcela. Além disso, é preciso ficar atento com produtos de renda fixa porque, muitas vezes, eles exigem um valor mínimo para aplicação. Alguns exemplos de investimentos de renda fixa: Tipos de Investimento

Outra ótima alternativa é usar o Simulador de Investimentos e descobrir  onde investir.

Saiba mais:

Onde investir seu dinheiro em tempos de crise

 

 

Natália Chagas

Natália Chagas

Jornalista, com especialização em marketing e vasta experiência em revistas e portais de notícia. Foi editora de mídias digitais do grupo GR1 Editora e produziu conteúdo para diversas publicações do Grupo Abril, Editora Globo, Folha de São Paulo, entre outros.

Veja também

mbf_banner_noticias_18-p7jve
7 erros que atrapalham a realização do seu sonho
Veja o que pode estar te impedindo de alcançar seus objetivos e saiba como vencer nesta situação!> Todos n  [...]
mbf_banner_noticias_14
A TV ideal para assistir aos jogos da Copa
Os televisores estão fazendo sucesso nas lojas desde janeiro – com aumento de 60% nas vendas. Aqui, lis  [...]
previdencia-privada-mbf
Previdência privada: como escolher o melhor plano
Veja as quatro perguntas fundamentais que você deve fazer antes de contratar uma previdência privada e saiba  [...]