62596259

14 julho 2015
meu-bolso-feliz
Você está trabalhando e as crianças estão em casa com um mês de férias pela frente. Descubra como entreter os pequenos sem gastar muito

Para as crianças um dos momentos mais esperados do ano chegou: as férias de julho. Mas você não conseguiu tirar dias de folga e continua trabalhando normalmente. Para completar, junto com o merecido descanso (das crianças, não o seu) vieram valores mais altos.  Um levantamento da FGV comparou os preços dos produtos e serviços mais procurados nessa época do ano em relação ao mesmo mês de 2014 e shows, viagens de avião e até o cinema e o sorvete estão mais caros. “Nessa hora, é necessário lembrar que, para a criança é mais importante a convivência em família, o descanso e o amor do que o preço do passeio e da diversão em si”, aconselha Ana Paula Hornos, economista e coach em finanças.

Por isso, o primeiro passo para cuidar de seus filhos da melhor maneira possível durante as férias é acionar sua rede de contatos para ver quem pode ajudar: avós, tios, vizinhos, além de conversar com outros membros da família como marido e filhos mais velhos para ver como as coisas serão organizadas. Além disso, conviver com outros familiares tem tudo para ser enriquecedor para a criança. O segundo passo é investir na conversa. “O diálogo sempre é a peça chave. Primeiro para planejar o dia e, depois, a noite, para bater um papo e saber como foi o dia das crianças, como elas se sentiram e propor atividades na medida certa”, completa Ester Chapiro, psicopedagoga da Central de Professores.

A partir desse diálogo você chega ao terceiro passo e organiza o mês, juntamente com as crianças, sempre lembrando que suas vontades precisam ficar dentro do orçamento familiar. “Conte com as crianças para bolar as atividades ou para pesquisar a viagem que farão. Quanto mais envolvidos são, mais eles se divertem e também aprendem sobre educação financeira e o custo das coisas. Na maioria das vezes as crianças escolhem as atividades mais simples e mais baratas. Faça o teste”, aposta Ana Paula.

Depois de seguir esse passo a passo, seja criativo e original. Para ajudar, o Portal Meu Bolso Feliz listou alternativas para você lidar com seus filhos na época de férias e garantir momentos de diversão e tranquilidade para todos. E lembre-se: “não é preciso inventar algo novo todos os dias. Para a meninada poder ficar sem fazer nada, às vezes, é necessário e prazeroso”, conclui Ester.

Férias na casa de parentes e amigos

Na hora de acionar pessoas que podem ajudar, os familiares são importantíssimos. No geral, a criançada adora passar algumas horas nas avós, tias, primos, comendo bolo, vendo TV ou, apenas, sendo mimados. Além disso, sabe as mães dos coleguinhas do seu filho? Elas também podem ajudar nesse período contanto, é claro, que você também ofereça algo. Se um adulto está disponível hoje, ele pode sair com a turma. No fim de semana, pode ser a sua vez de sair com o grupo mirim. Durante os passeios, explore a cidade, organize um piquenique ou visite praças, parques e museus.

Colônias de férias e espaços de interação

As colônias de férias, apesar de mais caras, são ótimas opções para os pais que trabalham pois têm monitores preparados para propor brincadeiras divertidas e educativas. “Para crianças de 5 a 7 anos, por exemplo, é possível investir em atividades lúdicas e esportivas. Já com os mais velhos, acima de 8 anos, uma boa opção é desenvolver atividades esportivas com desafios, campeonatos e atividades recreativas como pega-pega, pique-bandeira e circuito”, conta Cris Fernandes, fundador do Brasil Skate Camp, o primeiro acampamento de skate do Brasil.

Invista nos jogos

“Jogos que façam rir e estimulem a socialização são muito indicados para toda família se divertir”, explica a pedagoga Magda Asenete, de São Paulo. Algumas sugestões de jogos tradicionais para jogar com os filhos: UNO, Imagem e Ação, jogos de vídeo game, “Adedanha” ou “Stop”. É distração garantida!

Reserve seu tempo para seu filho

Mesmo trabalhando durante a semana, reserve um tempo para mudar a rotina da criançada durante o período de férias. Fuja da rotina de casa, organize algo diferente quando chegar em casa como, por exemplo, a noite do cachorro-quente, ou invista em uma viagem curtinha no fim de semana. Quem sabe um bate-volta até a praia no final de semana não faça toda a diferença?

Saia de casa

Aproveite as férias e os momentos que tem em família para curtir as opções e atrações que sua cidade oferece. Para saber o que está rolando, você pode consultar sites como o Catraca Livre, que lista programações culturais, filmes, programas infantis e boas opções de entretenimento barato ou de graça. Entre elas:

Ciclovias: Não deixe de experimentar e curtir as ciclovias de sua cidade. Organize uma pedalada com as crianças e, se possível, chame mais gente para se divertir com vocês.

Parques públicos: Além do espaço verde, ótimo para tirar as crianças de casa, você pode organizar um piquenique, andar de skate com os filhos, levar o cachorrinho de estimação para animar ainda mais a criançada e participar das atrações e atividades infantis que esses parques organizam nessa época do ano.

Anima Mundi: Se você mora no Rio de Janeiro ou São Paulo, fique ligado no Anima Mundi, o maior Festival Internacional de Animação do Brasil, que ocorre anualmente no mês de julho nas duas cidades. Durante o festival são exibidos curtas, médias e longas-metragens, seriados e comerciais, além de um conjunto de oficinas livres e gratuitas que estimulam os espectadores a produzir suas próprias animações

Museus e exposições: Pesquise exposições que estão na cidade e museus que ofereçam algo que interessa a criançada como, por exemplo, o Museu do Futebol em São Paulo ou O Museu de Brinquedos de Belo Horizonte, um dos maiores do país.

Programação Cultural: Vale, também, ficar de olho na programação cultural da  Secretaria de Cultura de sua cidade ou nos Sescs para saber o que esses órgãos oferecem de atrações no mês de julho.

Saiba mais:

9 formas de curtir as férias com os filhos gastando pouco

Divirta-se nas férias gastando pouco

Natália Chagas

Natália Chagas

Jornalista, com especialização em marketing e vasta experiência em revistas e portais de notícia. Foi editora de mídias digitais do grupo GR1 Editora e produziu conteúdo para diversas publicações do Grupo Abril, Editora Globo, Folha de São Paulo, entre outros.

Veja também

evitar-brigas-dinheiro-casamento
Deixe os problemas com dinheiro longe do casamento
Sabia que o principal motivo de discórdia entre um casal é dinheiro? Veja dicas para manter seu relacionamen  [...]
Compras Impulso
Dicas para não ceder às compras supérfluas
Imediatismo e impulsividade levam consumidor a pagar mais por um produto em forma de juros embutidos nos finan  [...]
spc-viajar-passeios-baratos-ferias
Viagens e dicas de diversão baratas para as férias
Veja dicas de como aproveitar as férias sem deixar que a diversão prejudique sua vida financeira!  [...]