69916991

10 fevereiro 2016

É possível continuar frequentando lugares gostosos para comer e tomar bons drinques sem gastar muito. Saiba como

Sair para jantar, reunir os amigos, tomar uma cerveja para relaxar: esses são alguns dos programas preferidos dos brasileiros, certo? Por outro lado, frequentar esse tipo de opção de entretenimento pode sair mais cara do que queremos e, em época de crise, é preciso economizar e apertar os cintos. “A verdade é que, muitas vezes, esse tipo de programa acaba desestabilizando nosso orçamento, que já está mais apertado. Por isso, é preciso ficar atento”, explica José Vignoli, educador financeiro do Portal Meu Bolso Feliz.

 

Então, será que a solução é deixar de sair e cortar restaurantes e bares da programação do mês? Não precisa ser tão radical. Diminuindo a frequência das saídas e com algumas dicas simples e paciência para pesquisar bons lugares é possível driblar os altos valores. “O segredo é ter certeza que o programa escolhido realmente cabe no orçamento”, finaliza Vignoli. Abaixo, o Portal Meu Bolso Feliz listou 5 dicas inteligentes para gastarmos menos:

 

Seja menos impulsivo e pesquise antes de sair de casa

Ficou com vontade de comer fora ou simplesmente sair para tomar um drinque ou uma cerveja? Então programe-se. “Antes eu adorava sair de duas a três vezes por semana com os amigos e, na maioria das vezes, decidia onde ia quando já estava na rua”, conta Eduardo Spanghero, arquiteto que se tornou, praticamente, especialista em garimpar lugares legais na cidade de São Paulo. Com o tempo, e a necessidade de economizar, ele deixou de ser tão impulsivo e percebeu que isso faz toda a diferença. Por quê? A resposta é bem simples: a pesquisa é o segredo do sucesso. “Pode ter certeza que sua cidade oferece uma gama imensa de restaurantes e bares com um custo-benefício incrível. Mas, se você acaba sempre escolhendo as opções da moda, vai, com certeza, gastar muito mais”, explica Eduardo. Então, antes de sair de casa, siga 3 passos simples:

 

1 – Decida o que quer fazer. Comer, beber, petiscar? Assim, com foco, você já garante uma economia imensa. Por exemplo: se você escolhe um bar com uma extensa carta de drinques, talvez o forte deles não seja a comida e, consequentemente, você gastará mais do que o necessário e não aproveitará tanto Por outro lado, se você resolveu sair para comer, uma boa dica é deixar a bebida alcoólica para outra ocasião. “Se você quer beber e acaba comendo ou vice-versa vai acabar gastando muito mais do que planejava e, pior, ainda vai sair do local insatisfeito”, explica Eduardo.

 

2 – Com seu objetivo em mente, corra para internet. Lá você encontra uma infinidade de matérias, listas e sites que avaliam restaurantes e bares, dando o valor, o cardápio  e até que tipo de pessoa você vai encontrar por lá. Alguns deles: Tripadvisor, Oba Oba, Vejinha (SP, RJ e BH).

 

3 – Ainda na hora da escolha, atenção a localização do lugar que pretende ir. O alto custo de deslocamento pode fazer a diferença.

 

4 – Se resolveu sair para tomar uma cerveja com os amigos ou relaxar tomando um drinque em um bar que quer conhecer, evite sair de casa com fome. Assim, você consegue cumprir seu objetivo sem gastos extras.

 

5 – Por fim, peça opinião. Discuta e decida junto com sua companhia onde vão. Mesmo querendo economizar, o objetivo é curtir uma noite agradável com o parceiro ou os amigos, certo?

 

Cuidado com a galera

Nós sabemos que é uma delícia quando reunimos a turma toda em um bar, certo? Mas  sabe aquela história de “sentou, sorriu, a conta dividiu? Pois é. Essa premissa costuma ser real e bem perigosa. Afinal, muitas vezes você acaba consumindo pouco – ou porque não quer beber, porque está sem fome e, até, porque quer gastar pouco mesmo – e acaba pagando pelo que os outros consumiram. “Nessas horas não tem jeito, é preciso pensar muito bem antes de topar um programa assim. Eu, quando organizo ou topo um encontro com a turma, sempre proponho um bar bem mais em conta, com cerveja de garrafa e comanda individual. O encontro ainda é divertido e cada um paga o que consumiu”, conta Eduardo.

 

Fique de olho nos truques dos restaurantes

1 – Quando o cardápio oferecer dois valores para porções diferentes, normalmente meia porção e porção inteira, sempre pergunte se o prato serve bem e se é necessário pedir a porção completa. Além disso, avalie o tamanho da porção e a diferença de preço, calculando, assim, o custo-benefício de ambas. Os garçons costumam ser bem honestos.

 

2 – Cuidado com essa história de escolher o restaurante mais famoso do bairro, sem levar em conta o valor que eles cobram pelo serviço que oferecem. Uma boa pesquisa e uma leitura de avaliações de outros clientes pode te levar a um restaurante mais barato e igualmente saboroso.

 

3 – Não se deixe levar pela emoção de uma data especial, por exemplo. A carta de vinhos, por exemplo, pode ser substituída por outro drinque mais barato.

 

4 – Ainda de olho na emoção, lembre-se de não ir a um local que não caiba no seu bolso. A ideia é não se privar, mas sempre escolhendo os locais com calma e responsabilidade.

 

5 – Por fim, tome cuidado com bares e restaurantes que cobram couvert artístico, pois aumenta muito o valor da conta.

 

Use cupons de desconto

Os sites de compra coletiva sempre estão no nosso radar e, quando o assunto é comer e beber, eles costumam ser bem interessantes, oferecendo promoções que chegam, até, a 90 por cento do valor original. “O segredo é ficar de olho nas promoções, se inscrever para receber e-mail dos sites que mais gostamos e, o mais importante de tudo, ficar atento às regrinhas de cada uma das ofertas. Eu já me dei mal quando comprei um cupom com a ideia de usar no fim de semana e só descobri depois que a oferta era válida de segunda a quinta”, conta Eduardo.

 

Siga seus restaurantes e bares favoritos nas redes sociais

Mesmo pesquisando valores e escolhendo bares e restaurantes mais em conta, todos nós temos aqueles locais que amamos frequentar, certo? Então, fique sempre de olho nas redes sociais desses lugares porque, atualmente, muitos deles estão promovendo dias mais baratos, promoções em horários especiais e descontos diferenciados . “Eu sigo um restaurante japonês no Instagram que sempre faz descontos e promoções relâmpago. Na última, o rodízio feminino saía pela metade do valor. Na hora já programei um jantar com minha namorada”, finaliza Eduardo.

 

Saiba mais:

Dicas valiosas para economizar no mercado

Atitudes inteligentes para economizar no dia a dia

Alimentação saudável que cabe no seu bolso

Veja também

crianca-brincando-mbf
Divirta-se com seus filhos sem afetar o bolso
Brinquedos e atividades de lazer fazem muito bem para nossas crianças. Mas será que não gastamos mais do qu  [...]
emprestimoNoticia
7 dicas para a contratação de um empréstimo
Contratar empréstimos é uma prática comum para muitos brasileiros, mas muitos se descontrolam e acabam inad  [...]
Imprevisto
Surgiu um imprevisto? Descubra como sair dessa.
Em alguns casos, ter a planilha de gastos mensais em dia não adianta. Aprenda a lidar com problemas inesperad  [...]