51455145

25 novembro 2014

mbf_banner_noticias_10-mpopv

O impacto das compras de fim de ano no orçamento dos consumidores brasileiros não deve ser subestimado. De acordo com um detalhamento exclusivo da pesquisa sobre o endividamento no Natal do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e do portal Meu Bolso Feliz, quase a metade dos entrevistados (48%) afirmam que vão abrir mão do débito e do dinheiro para comprar os presentes de natal a prazo. Considerando apenas os homens, esse hábito é ainda maisfrequente , chegando a 54% dos entrevistados.

Com uma média de 4,9 parcelas por compra, esses consumidores devem pagar as parcelas até o mês de maio do ano que vem.  De acordo com o estudo, as despesas com o Natal do ano passado já levaram 39% desses endividados ― pessoas que têm parcelas a pagar ― a terem o nome incluído em entidades de proteção ao crédito.

Segundo a economista-chefe do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), Marcela Kawauti, o brasileiro deve fugir do superindividamento para não ter uma surpresa desagradável no início do ano que vem. “O orçamento doméstico costuma apertar no começo do ano com a cobrança de impostos como IPTU, IPVA e despesas com matrícula e material escolar. Se a pessoa não tem uma boa reserva para contar, acaba ficando inadimplente”, explica Kawauti.

CONFIRA DICAS DOS ESPECIALISTAS DO SPC PARA EVITAR O SUPERINDIVIDAMENTO NO FINAL DE ANO:

Antes de ir às compras:

1- Faça um levantamento de suas dívidas e quite-as com o 13º.

2- Anote todos os compromissos (já sabidos) do começo de ano tais como matrículas, material escolar, IPVA, IPTU etc.

3- Lembre-se (principalmente os autônomos) que no começo do ano o faturamento pode ser fraco

4- Faça a lista das pessoas que quer presentear, liste as prioridades, e tenha foco para não estourar seu orçamento.

5- Sabendo de tudo isso, fixe um limite para seus gastos com presentes

 

Durante as compras:

1- Presenteie com aquilo que caiba no seu bolso

2- Some o que está gastando para evitar surpresas depois

3- Evite parcelar em muitas vezes, pois passadas as festas a dívida fica

4- Evite as compras por impulso. Lembre-se que nesta época do ano os incentivos para comprar são muito grandes. Mantenha o controle.

 

Nas comemorações:

1- Cada um leva um prato, as bebidas ou a sobremesa. Não queira bancar tudo sozinho

2- É possível fazer uma bela ceia a um custo razoável fazendo-se uma pesquisa e compras antecipadas. Não deixe para a última hora

3- Planejando dá para fazer muita coisa em casa. Encomendas ou restaurantes podem sair muito caro

4- Não custa nada lembrar que depois do Natal vem o réveillon com mais gastos, então é bom incluir estas despesas no seu planejamento. Seu bolso vai agradecer.

Veja também

Impulso
Viaje na Páscoa sem comprometer o orçamento
Quer aproveitar a Semana Santa, mas não pode gastar muito? Fique atento às dicas e curta o feriado sem desco  [...]
trabalho-extra-mbf
Trabalhos para ganhar dinheiro no fim do ano
Veja ideias de trabalhos que você pode fazer após o expediente ou aproveitando as férias e festas de fim de  [...]
ideias-presentes-baratos-natal
25 ideias de presentes de Natal por menos de R$80
Veja nossas sugestões de presentes de Natal mais baratos e dicas para economizar ao presentear as pessoas que  [...]