É a taxa básica de juros que o Governo paga para contrair empréstimos, sendo esses usados para custear o setor público, uma vez que o governo arrecada menos do que gasta. Essa taxa constitui, também, a taxa referencial (básica) obtida por aqueles que conseguem poupar e realizam aplicações nas instituições financeiras. A taxa SELIC é fixada pelo Banco Central a cada 45 dias.