Refere-se a um tipo de direito de propriedade. É a transferência da posse de um bem móvel ou imóvel do devedor ao credor para garantir o cumprimento de uma obrigação. O comprador adquire um bem a crédito. O credor toma o próprio bem em garantia. É uma modalidade muito utilizada na aquisição de veículos ou de imóveis. A alienação fica registrada no documento de posse do automóvel e, no caso da compra de um imóvel, apenas após a liquidação da dívida haverá a transmissão atestada pela escritura. Assim, na alienação fiduciária, o comprador, antes da quitação da dívida, pode apenas usufruir do bem, mas não pode negociá-lo.