94449444

13 junho 2018

Copa do mundo

Veja como aproveitar ao máximo o mundial e manter suas contas no azul

A cada quatro anos, o Brasil praticamente para e volta suas atenções a um único evento: a Copa do Mundo. Músicas sobre a seleção, decoração em verde e amarelo, torcidas animadas e muitas confraternizações marcam esse período, em que amigos, familiares e colegas de trabalho ficam todos atentos ao placar dos jogos e ao rumo que o campeonato vai tomando.

O período também é importante para a economia brasileira, mas pode ser um alerta para o consumidor, principalmente àquele que estiver endividado. Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) projetou que cerca de 60 milhões de consumidores devem realizar gastos com produtos ou serviços relacionados à Copa do Mundo, como idas a bares e restaurantes, compra de bebidas e comidas no supermercado, camisetas, itens da seleção e acessórios de decoração para a casa.

Segundo a pesquisa, a maioria dos torcedores pretende pagar esses gastos à vista, em dinheiro ou no cartão de débito, mas o cartão de crédito também será bastante utilizado, inclusive, para dividir as compras em parcelas! “Embora o ânimo que o evento traz sobre os torcedores os leve a gastar mais com as festividades, é importante que os gastos não fujam ao controle do orçamento, já que o evento passa e ficam as dívidas”, orienta a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Como não perder nada da Copa do Mundo sem se complicar financeiramente

Ao contrário do último torneio, que foi realizado no Brasil, a Copa de 2018 acontece na Rússia, a mais de 10 mil km daqui. Mas, mesmo assim, é possível curtir e entrar em ritmo de Copa. Os jogos da seleção acontecerão às 9h, às 11h, às 12h ou às 15h, dependendo do grupo que o Brasil for jogar.

A estreia da seleção na primeira fase acontece no domingo, dia 17/6, às 15h; o segundo jogo será dia 22/6, uma sexta-feira, às 9h; e o terceiro em 27/6, quarta-feira, às 15h.

Para as oitavas de final, quartas de final e semifinal, as datas ainda não estão definidas. Essas rodadas acontecem a partir de 30/6, com jogos sempre às 11h ou às 15h.

Por fim, a disputa pelo terceiro lugar será sábado, dia 14/7, às 11h; e a grande final será no domingo, 15/7, ao meio dia.

Seja em casa, na rua ou na firma, é possível curtir os jogos de maneira criativa e econômica! Acompanhe:

Bares e restaurantes

Para os jogos das 11h, das 12h ou das 15h, você pode reunir a galera em um bar ou restaurante. Essa será a escolha de 22% dos torcedores, de acordo com a pesquisa. Geralmente, os locais se preparam para televisionar os jogos e oferecem porções e bebidas com preços especiais. Para não ser pego de surpresa, vale ligar antes para reservar sua mesa e saber dos preços e condições.

“Evite levar cartão de crédito ou de débito. Carregue consigo apenas o dinheiro contado de quanto pretende gastar. Dessa forma, não corre o risco da empolgação do momento acabar te fazendo gastar além do seu orçamento. É importante lembrar que a competição é composta de vários dias de jogos e confraternização, e se você extrapolar nos gastos em todos os jogos, a brincadeira pode ficar cara”, diz Marcela.

No trabalho

Muitas empresas também exibirão os jogos para os funcionários – confira com o RH da sua como serão esses dias e programe-se. Você pode preparar snacks ou combinar com a galera de cada um levar um prato.

Em casa

A pesquisa revelou que 81% dos torcedores pretendem assistir os jogos em casa. Essa é uma opção mais barata do que sair, principalmente, se planejar a compra de snacks antes e dividir com os amigos. Nesse caso, a média de gastos para uma partida, segundo a pesquisa, fica em R$ 119. Vale também revezar a casa do amigo.

Para os jogos de fim de semana, você pode combinar um churrasco com a galera. Peça para cada um levar um prato e uma bebida.

Uma opção mais light pode envolver pipoca – doce ou salgada – e outros tipos de aperitivos, como amendoins. Decorar a casa, com bandeirinhas com as cores da bandeira nacional e outros adereços semelhantes também pode dar novos ares para o momento. Mas cuidado com exageros.

“Adereços e decorações do Brasil são o tipo de coisa que usamos poucas vezes, normalmente, apenas em época de Copa. Então, não vale a pena fazer grandes investimentos, a menos que você opte por guardar os itens para a próxima Copa, daqui a quatro anos. Outra opção é confeccionar você mesmo os adereços, bandeiras e enfeites – pode ser um momento legal para passar com a família e amigos, e ainda possibilita a economia”, sugere Marcela.

O principal é avaliar sua situação econômica para definir o quanto você realmente pode gastar. Como sempre, com antecipação e organização, você não fica no vermelho. “Além disso, se for reunir as pessoas na sua casa ou casa de algum parente ou amigo, pode pedir para cada um levar um item de decoração ou adereço, rateando esse custo entre os demais”, conta.

Condomínios

Alguns bairros, condomínios e associações de moradores também costumam montar telões e organizar a exibição dos jogos. Esse tipo de evento, geralmente gratuito, pode ser uma excelente oportunidade para quem quer se divertir e ainda aproveitar a oportunidade de conviver mais com vizinhos e amigos.

Áreas públicas

Confira no site da prefeitura de sua cidade se haverá algum evento para a exibição dos jogos. Em outros anos, shows, apresentações e festas variadas aconteceram antes e depois dos jogos.

Cartão vermelho!

Bolão de apostas

Bolão é uma modalidade de apostas de dinheiro que pode ser feito nas Casas Lotéricas ou, informalmente, entre amigos. Durante a Copa do mundo, as apostas normalmente se referem aos times vencedores e aos melhores jogadores, chamados de artilheiros. A pesquisa revelou que 46% dos torcedores que realizarão gastos durante a Copa vão participar desse tipo de aposta.

Apostas que envolvem dinheiro merecem sempre alguma atenção, mesmo que a brincadeira seja entre amigos. É muito importante definir com clareza as regras do jogo entre todos os participantes e, de preferência, deixá-las documentadas – com registro em cartório. Além disso, nome e documento de todos os envolvidos também devem estar registrados. “Antes de entrar em um bolão, tenha certeza de quais são as condições da aposta”, alerta Marcela.

Uniformes da seleção

Outra atenção deve ir ao vestuário. Uma camiseta oficial da seleção brasileira de 2018 pode custar a partir R$ 250. Cuidado com itens falsificados, que podem custar bem menos, mas terem um tecido pouquíssimo duradouro, fazendo você ficar no prejuízo antes mesmo da Copa terminar.

A dica para economizar, então, é adquirir itens das seleções passadas, que chegam a custar até 70% mais baratos.

Veja também

008
Carro novo x carro usado
De tempos em tempos, de acordo com o mercado de automóveis, a variação de  impostos e outros fatores, muda  [...]
Imprevisto
Surgiu um imprevisto? Descubra como sair dessa.
Em alguns casos, ter a planilha de gastos mensais em dia não adianta. Aprenda a lidar com problemas inesperad  [...]
mbf_banners_portal_223x86_16
Tudo o que você precisa para fazer um investimento
Veja a melhor forma de colocar o seu dinheiro para trabalhar para você Tão importante quanto economizar é s  [...]