Cartão de crédito

Como funciona

Como funciona cartão de crédito

É uma forma de pagar as compras muito popular hoje no Brasil. Com base em sua renda ou em seu perfil de consumo, as empresas oferecem cartões com determinados limites de crédito. Você escolhe um dia do mês para pagamento da fatura e chega a ter até 40 dias de prazo se utilizar o cartão em data boa (nove dias antes do vencimento da fatura, por exemplo).

DICAS

Fique atento às taxas de anuidades dos cartões, que variam de uma administradora para outra. É possível fazer boas negociações junto aos bancos a fim de obter taxas baixas ou até isenção, dependendo do caso.

Como tirar vantagem

Também chamado de dinheiro de plástico, o cartão de crédito é um meio prático para realizar suas compras no dia a dia. E se você souber usar, ele pode trazer muitos benefícios.

A possibilidade de parcelar uma compra sem juros é uma vantagem do cartão de crédito. Mas você deve ter o cuidado de não abusar do número de compras a prazo que faz, pois muitos parcelamentos juntos podem estourar seu orçamento.

Outra vantagem é poder juntar pontos e trocar por produtos, bônus ou, ainda, passagens aéreas. Verifique os benefícios que seu cartão oferece.

Saiba escolher o cartão certo para as suas necessidades do dia a dia. Não adianta ter um “Internacional”, que custa mais caro, se você não vai fazer compras fora do Brasil. Além de terem um custo mais baixo, os cartões “Nacionais” também têm vantagens, como descontos nos estabelecimentos que os emitem (redes de postos de gasolina, supermercados, lojas etc.) sem você precisar ter conta em banco.

Cuidados com o uso do cartão

O cartão tem vantagens, mas deve ser utilizado de maneira controlada, para você não entrar numa grande dívida sem perceber.

Evitar esse problema pode ser simples. O primeiro passo é administrar seus gastos. Uma boa dica é guardar os comprovantes das compras, pois assim você pode ter mais controle sobre o que gastou naquele mês. Não deixe também de examinar atentamente o extrato mensal para saber se não está exagerando nas compras.

Fique muito atento aos parcelamentos: apesar de ser uma vantagem, a compra parcelada pode se tornar um problema. Lembre-se de que muitos parcelamentos, em conjunto, acabam se tornando um valor muito grande para ser pago.  E evite entrar no crédito rotativo, que é um parcelamento da fatura do cartão – você paga uma parte do total da fatura, e o restante é automaticamente financiado. Entrar nesse tipo de parcelamento é fácil, mas sair dele é muito difícil, pois as taxas cobradas são altíssimas.

Veja um exemplo de como os custos do crédito rotativo são altos: a sua fatura não paga de R$ 1.000,00 no cartão de crédito se transforma em uma dívida de mais de R$ 5.000,00 em um ano; mais de R$ 26.000,00 em dois anos e se aproxima de R$ 140.000,00 ao final de três anos. Estamos falando de juros de mais de 400 porcento  num ano… Nem pensar!

Uma verdadeira bola de neve!

Bola de neve

Outra medida importante para garantir o equilíbrio de suas contas é reservar um valor, no orçamento doméstico, para pagamento do cartão, prevendo a quitação total da fatura daquele mês.  Escolha a data de vencimento que seja mais próxima à data em que você recebe seu salário.

Onde começa o descontrole financeiro
Clique abaixo e veja como

Onde começa o descontrole financeiro

Chegou até aqui? Então vale a pena ver nossa nossa matéria especial que ensina a usar seu cartão de crédito da melhor maneira

DICAS

1. Evite possuir vários cartões de crédito, pois isto pode levá-lo ao descontrole financeiro, e você ainda gasta com o pagamento de várias anuidades.

2. Não aceite um limite de crédito que seja muito alto em relação ao seu salário ou às receitas do seu negócio. Acredite: crédito em excesso pode levar ao descontrole da sua vida financeira.

3. Diante de um recebimento extra como 13o salário, férias ou um serviço extra, leve em consideração a possibilidade de antecipação de parcelamentos feitos. Pode ser útil para não pagar juros sobre as parcelas que ainda vão vencer ou no caso de parcelas sem juros, adequar suas despesas de cartão com seus recebimentos. Procure a administradora do seu cartão para poder fazer esta operação.

4. Evite emprestar seu cartão para amigos ou parentes. Lembre-se: a partir do momento em que a compra é realizada, a dívida passa a ser sua, pois está registrada no seu cartão. Se a pessoa não pagar pelo que comprou, você será responsável pelo pagamento.

Outros tipos de crédito:

Tire suas dúvidas sobre este assunto

Converse com o especialista Converse com o especialista

Fatal error: Call to a member function show() on a non-object in /home/meubolso/public_html/wp-content/themes/bolsofeliz/page-interna-tipos-de-credito.php on line 121