94119411

27 junho 2018

Entenda como funcionam os Bancos Digitais e como eles podem resultar em economia de tempo e dinheiro em suas transações e tarifas bancárias!

Bancos Digitais: Economize em transações e tarifas bancárias

Imagine nunca mais enfrentar fila de banco e, dependendo da sua conta online, não precisar pagar tarifa bancária, DOCs e TEDs! Essa realidade já é possível, graças ao surgimento dos bancos online. São fintechs, ou seja, startups de tecnologia financeira, que oferecem serviços bancários apenas por um site ou aplicativo, dando autonomia para os clientes resolverem seus problemas de maneira segura e totalmente à distância.

“A última vez que precisei resolver um problema bancário perdi duas horas na agência, o que atrapalhou toda a minha agenda da semana. Foi isso que me levou a abrir uma conta em um banco online”, diz a médica Letícia Fernandes, de São Paulo (SP).

A motivação do jornalista Gustavo Rodrigues foi outra: “gastava cerca de R$ 90 por mês apenas com as tarifas de DOCs e TEDs. Hoje, após trocar para um banco online, meu custo é zero”, conta.

Se, assim como eles, você gosta de resolver seus problemas bancários sozinho, sem ter que ir à agência, falar com gerente ou ligar para 0800 – e ainda quer economizar uma graninha com tarifas e serviços –, está na hora de conhecer os bancos digitais.

Alguns oferecem diversos tipos de planos – do mais simples, isento de tarifas, ao mais completo, ilimitado em serviços, mas com tarifa mensal. Há ainda opções que não cobram tarifas e também são ilimitadas em números de transferências e saques. Existem contas que oferecem investimentos a taxas mais atraentes do que a poupança e outras que oferecem cheque especial com juros bem mais baixos do que o mercado.

“É importante ler o contrato antes de abrir a conta para entender direito o que poderá ser feito de graça e o que será cobrado”, avisa Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC.

E não se preocupe: os bancos online são seguros. “Essas instituições são reguladas pelo Banco Central, então, já estão de acordo com a normativa necessária. Apenas precisamos ter em mente que estão no ambiente digital, portanto, é preciso manter procedimentos de segurança, como não usar conexões inseguras, manter código de bloqueio no celular e não compartilhar a senha com ninguém”, indica Bruno Diniz, presidente do Comitê de Fintech da Associação Brasileira de Startups.

“Na dúvida, antes de abrir a conta, cheque sempre o site do Banco Central para ver se aquele banco está regulamentado mesmo. Verifique também quais são as reclamações mais comuns dele no site Reclame Aqui”, completa Marcela.

Saiba mais sobre os Bancos Digitais e suas Transações e Tarifas Bancárias:

Esse tipo de banco também é chamado de Neobank ou Challenge Bank e já é tendência no mundo inteiro, principalmente na Europa. “Várias instituições estão surgindo nos últimos anos também no Brasil, cada vez mais propostas a entregarem ao usuário a melhor experiência possível”, diz Bruno.

Para o consumidor, isso é extremamente positivo, pois aumenta a concorrência e barateia os serviços. “Mas sendo digital ou físico, é preciso continuar atento às suas próprias finanças e às informações sobre o funcionamento e práticas bancárias ao qual elas estão sujeitas, como tarifas e cesta de serviços”, alerta o educador financeiro do SPC, José Vignoli.

Outro destaque importante presente na maioria desses bancos é a ausência do cheque especial. A maioria dessas contas não permite que o cliente fique negativo. “Isso disciplina o consumidor a não gastar além do que tem. Quando não temos cheque especial, nos organizamos melhor”, avalia Bruno. Mas, claro, há exceções. O banco Sofisa Direto, por exemplo, não apenas oferece cheque especial, como reduziu as taxas deste serviço para os clientes que possuem dinheiro investido na instituição financeira.

Onde abrir uma conta em um Banco Digital sem sair de casa?

Gostou da ideia de não pegar mais fila para resolver problemas bancários e, dependendo da instituição ou do pacote adquirido, não pagar tarifa bancária, DOCs e TEDs? Para te ajudar, separamos as principais opções em bancos digitais e, detalhamos, abaixo, como cada uma funciona, para você escolher a que melhor te atende:

Nuconta

A operadora de cartões de crédito Nubank oferece uma conta digital, chamada de conta de pagamento (a empresa ainda não está registrada como banco, por isso, sua conta não é considerada corrente). Como ainda está em versão de teste, apenas clientes selecionados do Nubank estão utilizando-a – é necessário entrar na lista de espera no site e aguardar ser selecionado. Segundo a empresa, não há análise de crédito para a abertura de conta nem burocracias – é possível fazer tudo online, em menos de 3 minutos.

Como funciona? Tudo é resolvido pelo app. Todas as TEDs feitas a partir da Nuconta são gratuitas. Para depositar dinheiro na conta, é necessário fazer um TED de outra conta, sujeito à tarifas do banco de origem. Em alguns casos, também é possível fazer depósito sem pagar tarifa, via boleto bancário. Funciona assim: o consumidor decide o quanto quer colocar na conta, emite um boleto pelo app e paga por outro banco. Em até 3 dias, o dinheiro cai na conta sem desconto de taxas.

Todo o dinheiro que fica na conta rende conforme a taxa Selic, ou seja, mais do que a poupança. Ainda não permite saques no Caixa 24 horas, para sacar a grana, é necessário transferir (gratuitamente) para outra conta corrente, ocorrendo possível cobrança de Imposto de Renda sobre o rendimento obtido.

Next

O banco Next oferece uma conta corrente digital com vários pacotes de tarifas diferentes – do Na Faixa, grátis, ao Turbinado, que tem tarifa de R$ 39,95 ao mês. O que os difere é a cesta de serviços. A empresa pertence ao Bradesco, mas todo atendimento dessa conta pode ser feito online.

Como funciona? O plano mais simples (Na Faixa) não tem tarifa mensal, oferece cartão de crédito internacional, transferências ilimitadas para outras contas Next e Bradesco, um DOC ou TED por mês para outros bancos (demais por R$ 9,70), saques no Caixa 24hs ou Bradesco ilimitados e assistência viagem oferecida pelo cartão.

Para ter acesso a transferências ilimitadas sem custo para outros banco, é preciso escolher o próximo plano, chamado de Na Medida, que custa R$ 9,95 por mês. Já o plano mais caro, além desse DOCs e TEDs gratuitos, oferece cartão de crédito internacional Platinum, que dá direito a milhas do sistema Livelo.

A empresa tem parcerias com apps de delivery, cinemas, livrarias, entre outros, fornecendo desconto a seus usuários. O app ainda permite lançar gastos, para maior controle do orçamento, e tem uma função chamada Vaquinha, que facilita a vida na hora de dividir gastos em um restaurante com a galera.

 

Sofisa Direto

O Banco Sofisa também oferece conta digital ao consumidor. Para aderir, é preciso fazer cadastro no site ou app, enviar documentação e aguardar aprovação.

Como funciona? A instituição não cobra taxas ou tarifas do usuário e permite DOCs e TEDs ilimitados. Para depositar dinheiro, o usuário pode fazer um DOC ou TED de outro banco de mesma titularidade, fotografar um cheque (função depósito de cheque por imagem) ou ainda gerar um boleto e pagar.

Oferece opções de investimento como CDB e LCI. Para quem está com o dinheiro investido, possui a função de cheque especial, com juros de 1,5% ao mês, bem abaixo da média do mercado, que fica em torno de 13% ao mês.

Agibank

Para abrir a conta corrente digital do Agibank é preciso baixar o aplicativo, preencher o cadastro, enviar fotos de documentos e aguardar aprovação. Permite cadastro de conta corrente jurídica para MEIs.

Como funciona? A conta corrente não tem tarifa de manutenção, permite 2 saques grátis nos caixas 24 horas (demais R$ 6,49), 2 saques nas Casas Lotéricas (demais R$ 2,90), 4 TEDs (demais R$ 1,90), emissão ilimitada de boletos (para depositar dinheiro na conta), 4 boletos liquidados por mês (demais R$ 2,99). É possível ainda fazer pagamento de boletos.

Original

Tanto a abertura de conta digital do Banco Original quanto envio de documentação e desbloqueio de cartão são feitos online.

Como funciona? O plano gratuito não inclui serviços. Então, para cada TED, o cliente paga R$ 6,90 e para cada saque, R$ 1,70. Existe ainda o Plano Ilimitado, que custa R$ 9,90 mensais e oferece todos os serviços de maneira ilimitada, como TEDs, saques e extratos mensais.

O app conta com um gerenciador financeiro que organiza os gastos e facilita o controle.

Banco Inter 

Banco digital Inter permite a abertura da conta 100% online. Basta se cadastrar, enviar os documentos pelo app e aguardar aprovação.

Como funciona? Trata-se de uma conta digital para pessoas físicas totalmente gratuita, sem tarifas de manutenção ou de transações bancárias. Oferece um cartão de débito que permite sacar dinheiro nos caixas 24 horas, além de fazer pagamentos e compras. É possível depositar cheque por imagem, ou seja, por meio de uma foto da folha, e também por boleto.

Veja também

Untitled-1
Franquias que cabem no seu bolso!
Muita gente deseja ser seu próprio chefe. Mas, caso esteja planejando abrir uma franquia, comece a pesquisar   [...]
spc-mbf-educacao-financeira-pais-dinheiro-filhos
Dinheiro: 5 lições que seus filhos devem saber
Aprenda dicas valiosas para ensinar aos pequenos as primeiras noções de educação financeira, importantes p  [...]
casa-propria-mbf
6 dicas para conquistar a casa própria!
Os preços dos imóveis estão mais baixos, mas será que com o que ganho é possível realizar o sonho de com  [...]