vida-simples

A beleza da simplicidade do altar da Igreja de Pedra, que fotografei em Helsinque.

“Quando eu for adulto, quero ter uma vida simples” – disse Paulo Renato, 13 anos, surpreendendo seus pais. A conversa na mesa do jantar girava em torno de estilos de vida. O pai admite que é consumista, trabalha até altas horas para se dar ao luxo de ter um bom automóvel, viajar com a família para o exterior, morar em um apartamento espaçoso e comprar roupas de grifes famosas. A mãe comenta que deixou de insistir para o filho comprar mais um tênis ou uma camisa nova porque ele sempre diz que não precisa.

Francineide, 24 anos, promove regularmente com um grupo de amigas uma “sessão de desapego”: cada uma leva peças de roupas e acessórios para trocarem umas com as outras. Desse modo, renovam o visual evitando a compra de novos itens. Uma boa iniciativa em época de recessão da economia e de aumento dos índices de desemprego, em que as pessoas precisam cortar despesas e decidir o que é realmente essencial.

Há profissionais que aumentam a carga de trabalho em época de crises econômicas como, por exemplo, os que consertam roupas e sapatos. Com o aperto orçamentário, convém pensar em reformar, reaproveitar, reciclar. No entanto, esses hábitos precisam ser consolidados mesmo em épocas financeiramente mais tranquilas. Essa mudança ficará vinculada à consciência ecológica, reconhecendo que havendo menos descarte, contribuiremos para produzir menos lixo e menos consumo de matérias-primas no planeta tão sobrecarregado.

Uma boa pergunta: “Será que realmente estou precisando disso ou é apenas um desejo”? Uma breve reflexão evitará muitas compras por impulso e poderá abrir espaço para apreciar melhor a beleza e o bem-estar de uma vida simples.

Voltar para colunistas

Veja também

vale-refeicao-economizar
Como economizar ao usar o vale-refeição
Veja 14 dicas práticas para controlar os gastos feitos com o ticket, economizar nas refeições e conseguir q  [...]
restaurante-bar-mbf
5 dicas para gastar menos em restaurantes e bares
É possível continuar frequentando lugares gostosos para comer e tomar bons drinques sem gastar muito. Saiba   [...]
imagem2-630-245
O desperdício de água pesa no seu bolso.
Pode não parecer, mas o desperdício “invisível” de água – aquele que ocorre em casa sem que você pe  [...]