mbf_imagens_site_26

As pessoas diferem em valores, desejos, necessidades, percepções. Em alguns momentos, entram em choque. Porém, diferenças e discordâncias nem sempre são sinônimos de incompatibilidade. O conflito ocorre quando as duas partes acham que suas necessidades não podem ser satisfeitas simultaneamente.

O que define o conflito como destrutivo ou construtivo é a nossa maneira de lidar com ele. O conflito pode resultar em brigas crônicas e em escalada da violência; por outro lado, pode ser terra fértil para criar boas soluções. Como desenvolver habilidades para transformar conflitos destrutivos em caminhos construtivos para harmonizar diferenças e criar soluções satisfatórias para todos?

Há pessoas, famílias, grupos e organizações que escolhem fugir do problema; ou preferem fazer concessões na esperança de que os problemas desapareçam; ou recorrem à opressão e ao abuso do poder. Outras pessoas preferem os meios não-violentos de resolver conflitos: constroem consensos, harmonizam as diferenças e negociam acordos satisfatórios para todos.

Para isso, é preciso ter habilidade para separar as pessoas do problema. Em outras palavras, aprender a atacar o problema sem atacar as pessoas. Quando as pessoas gastam energia se atacando, a briga torna-se interminável e o problema que elas querem resolver permanece sem solução.

A solução de conflitos depende, em grande parte, da clareza e da eficácia da comunicação. O recurso fundamental é saber escutar com sensibilidade e atenção. Transmitimos à outra parte que entendemos seus pontos de vista e, com isso, construímos confiança e uma relação de respeito mútuo, apesar das discordâncias.

A habilidade de fazer perguntas também é fundamental, para mapear o território do conflito, ir mais a fundo na compreensão da visão que cada um tem do problema, compreender os sentimentos envolvidos e possibilitar sua transformação.

Conflito é bom quando nós

Buscamos a solução

Que mais possa combinar

As diferenças entre nós.

Voltar para colunistas

Veja também

consumismo-infantil-mbf
Aprenda a lidar com o consumismo infantil
Para ensinar os filhos a controlar seus desejos de consumo é preciso cuidar e monitorar as próprias atitudes  [...]
plano-guerra-mbf
8 medidas para melhorar sua vida financeira
O fim do ano está chegando e a resolução para 2016 é começar o novo ciclo com a vida financeiramente orga  [...]
mbf_banners_portal_223x86_08
Dicas para chegar a uma aposentadoria tranquila
Caso já tenha chegado aos 60, veja como aumentar sua renda e não cair na inadimplência. O segundo detalhame  [...]